Twitter Facebook

CNTSS > ARTIGOS > NOSSA MAIOR BOMBA SOCIAL

Nossa maior bomba social

Escrito po: Gilberto Dimenstein - Folha de São Paulo

18/07/2012

Os dados são do "Mapa da Violência 2012 - Crianças e Adolescentes do Brasil", pesquisa que será lançada hoje (18 de julho). O levantamento analisa as informações do Ministério da Saúde sobre as causas das mortes de pessoas entre zero e 19 anos de idade. No período, entre 1980 e 2010, os homicídios como um todo cresceram 259%.

Artigo de - Gilberto Dimenstein ganhou os principais prêmios destinados a jornalistas e escritores. Colunista da Folha de São Paulo

   

O aumento vertiginoso do assassinato de jovens no Brasil é apenas um reflexo do que considero nossa maior bomba social: o abandono da juventude. É um tema que, apesar de todos os avanços, ainda está não está na agenda do brasileiro.

O problema do assassinato é, claro, grave. Mais grave ainda, já que afeta milhões de brasileiros, é o maior gargalo da educação brasileira: o ensino médio, onde existe uma expressiva evasão. Mesmo os que não abandonam a escola veem pouco interesse no que aprendem (ou deveriam aprender) em sala de aula, tamanha a desconexão com a realidade.

É mínima a porcentagem dos alunos que saem do ensino público com conhecimentos apropriados em português e matemática. Basta ver que, mesmo entre universitários, existe uma espécie de analfabetismo funcional. Leem mas não entendem um texto.

Criam-se assim batalhões de jovens com baixa escolaridade e poucas perspectivas profissionais, vivendo em comunidade em que impera a delinquência. Na maioria das vezes, são lugares sem opções de lazer, tirando os bares. Natural a tentação de entrar no mercado da droga ou das quadrilhas.

Uma das saídas é a educação em tempo integral nas comunidades mais pobres, onde os alunos tivessem muito estímulo cultural e ensino técnico para obter um emprego.

É caro, eu sei. Mas não oferecer boa educação sai mais caro ainda. Muitas vezes, custam vidas.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br