Twitter Facebook

CNTSS > ARTIGOS > JORNALISTAS BRASILEIROS, UNI-VOS!

Jornalistas brasileiros, uni-vos!

Escrito po: Fonte - www.ojornalista.com.br

08/07/2009




*Vitor Ribeiro



O momento não é de individualismo para os jornalistas brasileiros. A recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que transformou toda e qualquer pessoa em jornalista no Brasil, merece uma resposta: o reforço da nossa união e articulação. O momento é de somarmos forças junto aos nossos Sindicatos e Federação. Jornalista, defenda-se e sindicalize-se! A hora é esta!

O ataque sofrido pela profissão sempre foi combatido pelos Sindicatos dos Jornalistas do Brasil e Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). Desde o início da ação que culminou com a cassação do diploma, o Sindicato de São Paulo conjuntamente com a Federação solicitaram a participação no processo, constituíram advogados e iniciaram campanha alertando os colegas para a necessidade de participação de cada um e da importância da questão. Foram acompanhados por todos os Sindicatos do País. Mas, muitos colegas fizeram ouvidos moucos. Agora não podem reclamar, afinal, nada fizeram para mudar a situação.

E agora? Só resta sentar e chorar? Lógico que não. Nossas entidades gastaram energia e recursos para além de constituir advogados, alertar para a necessidade de união da nossa categoria em torno das entidades sindicais. Afinal, só o fortalecimento delas nos livrará da certeza de um futuro sombrio para a profissão.

Ao contrário de fortes categorias profissionais, os jornalistas optaram por um caminho duvidoso de criticar suas entidades sindicais e delas se afastar, como se elas não fossem o reflexo da nossa participação e união. Os patrões foram sagazes ao perceberem que o individualismo seria o nosso maior inimigo e o maior aliado que tinham. Acertaram na estratégia.

Aos que ainda acreditam, como antes, que o caminho do individualismo é o único a seguir, um novo alerta: só nossa união e articulação poderá barrar e combater o bombardeio que sofre a nossa profissão. Não é hora de abandonar o barco e sair sozinho nadando no mar dos tubarões da mídia, achando que chegará a salvo a uma linda e paradisíaca praia. Sua participação é decisiva para revertemos a atual situação e barrarmos novas agressões que ao invés de “um mundo melhor”, visam apenas um lucro maior.


*Vitor Ribeiro - Editor executivo do www.ojornalista.com.br


















  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br