Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > CÂMARA FEDERAL DEVERÁ VOTAR NA PRÓXIMA SEMANA PEDIDO DE URGÊNCIA SOBRE PL DO PISO SALARIAL DA ENFERMAGEM

Câmara Federal deverá votar na próxima semana pedido de urgência sobre PL do piso salarial da enfermagem

18/03/2022

Decisão foi tirada no Colegiado de Líderes depois da pressão dos trabalhadores; Fórum Nacional da Enfermagem mobiliza categoria para continuar pressão junto aos deputados

Escrito por: Assessoria de Imprensa da CNTSS/CUT

 

A estratégia do Fórum Nacional de Enfermagem de pressionar os deputados e os líderes de bancadas para colocar em votação e aprovar o Projeto de Lei nº 2564, do piso salarial nacional da enfermagem (enfermeiros, técnicos, auxiliares e parteiras), demonstrou-se acertada e fez avançar a tramitação da proposta na Câmara Federal. Os parlamentares presentes à reunião desta quinta-feira, 17 de março, do Colegiado de Líderes definiram que na próxima terça-feira, 22 de março, será votado o pedido de urgência sobre esta matéria. A dupla conquista é que com esta aprovação o PL poderá ser votado em Plenário sem passar pelas Comissões, o que acelera sua tramitação.

 

A informação foi confirmada pelo próprio presidente da Casa, o deputado Arthur Lira (PP AL), assim que saiu da reunião do Colegiado. Segundo mencionou à imprensa, o mérito do Projeto ainda precisará ser discutido com o Senado. “Estabelecemos um compromisso de um cronograma de cinco semanas para que, junto com o Senado, a gente encontre maneiras de subsidiar e suportar o aumento que será dado na carga dessas instituições que fazem saúde no Brasil. O Senado votou essa matéria e nos enviou e nós ficamos aqui com essa situação de um projeto com impacto de R$ 16 bilhões a R$ 18 bilhões”, esclareceu o parlamentar que tem demonstrado posicionamento alinhado ao governo e empresariado.

 

Esta argumentação de Arthur Lira sobre impacto financeiro já foi superada a partir de estudos realizados na Câmara com a participação de todos os setores envolvidos nesta questão: representantes dos trabalhadores e dos setores público, privado e filantrópico, além de técnicos e parlamentares. O GT criado para discutir a questão da aplicação do piso salarial nacional da enfermagem demonstrou que a incorporação é totalmente plausível orçamentariamente. Foi um elemento a mais que pressionou o presidente da Câmara a enviar o PL para o Colegiado de Líderes. Depois da reunião desta quinta, Lira afirmou que o mérito do projeto será analisado apenas em abril.

 

Fórum Enfermagem: mobilização continua

 

O avanço conquistado foi possível graças a ação permanente realizada pelo Fórum Nacional da Enfermagem desde que a proposta foi apresentada em 2020 e que nestes últimos meses se intensificou. Além da pressão realizada no Senado, que resultado na aprovação do PL 2564 em novembro de 2021, as lideranças e os trabalhadores se desdobraram para convencer os deputados da importância da aprovação do PL. A expectativa é que a votação do projeto aconteça dentro de até cinco semanas.  

 

O representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS/CUT) no Fórum, Erivânio Herculano, é uma das lideranças da entidade que tem atuado fortemente em Brasília para que a aprovação do PL 2564 aconteça. Esteve entre os dirigentes que na quarta e quinta-feira, 16 e 17 de março, dialogaram com as lideranças partidárias. “O objetivo é fortalecer a luta da categoria para que o piso seja uma realidade o quanto antes,” afirmou o dirigente sindical.

 

Em Nota divulgada na quinta-feira, 17 de março, o Fórum mantém o posicionamento sobre a necessidade de continuar e ampliar a mobilização junto aos deputados para que o projeto vá a votação e seja aprovado. “Também é fundamental que as entidades representativas dos trabalhadores continuem mobilizando as redes sociais, solicitando a votação imediata do PL 2564/2020. Além de que precisamos estar em Brasília, acompanhando e garantindo que seja pautado do requerimento. Contamos com todas as entidades, movimentos e profissionais para alcançarmos o nosso objetivo”, aponta trecho da Nota.

 

As entidades que compõem o Fórum aprovaram as seguintes medidas: fazer articulações com os deputados para garantir o quórum mínimo de votação da urgência do projeto; fazer articulações com os líderes partidários para tentar reduzir o prazo do cronograma de trabalho; mobilizar as entidades para que haja articulações presenciais na Câmara dos Deputados na próxima semana; agendar reunião com o presidente do Senado para discutir fontes de custeio; agendar reunião com as deputadas Carmen Zanotto (Cidadania/SC) e Alice Portugal (PCdoB/BA).

 

 

Texto do Fórum Enfermagem sobre votação do Piso Salarial Nacional:

 

 

 

José Carlos Araújo

Assessoria de Imprensa da CNTSS/CUT

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br