Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > COMBATE ÀS FRAUDES

COMBATE ÀS FRAUDES

26/05/2009

Presa quadrilha que fraudava o INSS no Maranhão, Força-Tarefa Previdenciária investiga grupo há dois anos

Escrito por: Fonte - Informações para a Imprensa José Eduardo Formosinho

COMBATE ÀS FRAUDES De São Luís (MA) - Onze mandados judiciais foram cumpridos na manhã desta terça-feira (26) pela Força-Tarefa Previdenciária, no Maranhão. O trabalho resultou em sete mandados de busca e apreensão e na prisão temporária de uma quadrilha, composta por quatro pessoas, que fraudava o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) nos municípios de Pinheiros e Cururupu. Uma das detidas é servidora do INSS e foi apontada como líder do grupo. A Força Tarefa Previdenciária é integrada por servidores da Previdência Social, do Ministério Público Federal e da Polícia Federal.

Os fraudadores reativavam benefícios de pessoas falecidas, como se elas tivessem sido declaradas mortas indevidamente pelo INSS, e nomeavam procuradores para receber os valores atrasados. A Força-Tarefa Previdenciária detectou 44 benefícios suspeitos e a auditagem revelou fraudes em todos eles. Os prejuízos aos cofres públicos estão estimados em R$ 347,5 mil com base nesses benefícios. Novas investigações serão realizadas em outros benefícios na região.

Para cumprir os mandados judiciais, expedidos pela 2ª Vara Federal em São Luís, foram mobilizados 40 policiais federais e nove servidores do Ministério da Previdência Social. As equipes viajaram durante uma hora e meia de ferry boat e percorreram 70 quilômetros por terra até Pinheiros e 148 até Cururupu. As investigações foram iniciadas há dois anos.

A operação foi batizada de Grande Família em alusão à prática da chefe do bando de cadastrar a si própria e a familiares como procuradores de benefícios reativados fraudulentamente. Os presos serão interrogados por delegados da Polícia Federal durante todo o dia e os documentos apreendidos serão analisados por técnicos da Previdência Social.

Este ano já foram realizadas outras oito operações da Força-Tarefa Previdenciária, que resultaram em 18 mandados de prisão e 29 de busca e apreensão. Nenhum servidor do INSS estava envolvido em fraudes nessas operações. Foram realizadas, desde 2003, 192 operações, com 1.190 presos (265 servidores do INSS) e 1.644 mandados de busca e apreensão.
  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br