Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SINDPREV BA DISCUTIU PANDEMIA, INEFICÁCIA DO GOVERNO BOLSONARO E PREJUÍZOS DA REFORMA ADMINISTRATIVA AO TRABALHADOR

Sindprev BA discutiu pandemia, ineficácia do governo Bolsonaro e prejuízos da Reforma Administrativa ao trabalhador

24/03/2021

PEC 32 implantará 5 novos vínculos com a administração: vínculo de experiência, como etapa de concurso público; por prazo determinado; cargo por prazo indeterminado; típico de Estado e de liderança

Escrito por: Sindprev BA

 

O 8 de março foi instituído como o Dia Internacional da Mulher, data em que são lembradas as diversas lutas femininas a exemplo do direito ao voto, a busca por salários igualitários, dentre outras reivindicações que há anos são objetos de lutas diárias.

 

Mas as comemorações e manifestações relacionadas à data não se restringem apenas a este dia. “Ao longo do mês de março estão programadas diversas atividades, sobretudo virtuais, pois a gente aproveita esta data para discutirmos nossas demandas, que são muitas e aumentaram com este governo genocida e com esta pandemia”, afirmou Lucivaldina Brito, diretora do Sindprev Bahia, ao abrir reunião remota realizada na quarta-feira (10).

 

Durante a live, Maria Godoi de Faria, dirigente da CUT Nacional e presidenta do Dieese, falou sobre a Reforma Administrativa (PEC 32) proposta pelo governo federal, que irá extinguir o chamado Regime Jurídico Único no serviço público, com a instituição de uma série de novas formas de contratação pela administração pública, que causarão impactos significativos decorrentes desta mudança, caso a PEC seja aprovada nos termos propostos.

 

Ela acrescentou que a PEC 32/2020 irá implantar cinco novos vínculos com a administração pública, a saber: vínculo de experiência, como etapa de concurso público; vínculo por prazo determinado; cargo com vínculo por prazo indeterminado; cargo típico de Estado e cargo de liderança e assessoramento.

 

Aliado a isso, a reforma ainda vai retirar  direitos dos servidores podendo atingir até mesmo os aposentados, pois pretende-se transferir o pagamento dos salários dos aposentados do Tesouro para as suas respectivas pastas. Por exemplo, professores serão alocados no Ministério da Educação, profissionais de saúde irão para o Ministério da Saúde e assim por diante. Já o cidadão, dentre outras coisas, terá que conviver com a precarização dos serviços públicos,  com a retirada dos concursos públicos nos termos atuais, que se configura uma opção para muitos que estudaram durante anos visando uma estabilidade no trabalho.

 

A reunião virtual também contou com a psicóloga Iana Aguiar para falar sobre a autoestima da mulher, sobretudo neste momento da pandemia, em que ela está passando por diversos desafios, sendo as mais afetadas com a perda de postos de trabalho.  Aguiar fez uma dinâmica com as mulheres que assistiam a live, convocando todas a falarem o que a mulher representa, e os adjetivos foram muitos como força, coragem, dedicação, cuidado, criativa, guerreira, dentre outros. Mas uma pergunta que permeou a live foi, mas quem cuida dessas mulheres que  a cada dia acumula mais funções, ficando sem tempo para si e ainda tem que conviver com estigmas impostos pela sociedade.

 

 

 

Fonte:  https://bit.ly/2QCCa1m

 

 

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br