Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SINSSP DISCUTE REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO SETOR PÚBLICO EM SEMINÁRIO

SINSSP discute Reforma da Previdência no Setor Público em seminário

11/09/2019

Proposta foi dialogar com os servidores do INSS para chamar a atenção sobre o problema que está por vir

Escrito por: SINSSP

 

 

O Seminário Reforma da Previdência no setor Público, organizado pelo SINSSP, ocorreu no último sábado, 31, no auditório do Sindifícios, região central da cidade de São Paulo, e contou com a presença dos servidores públicos do INSS.

 

A manhã ensolarada proporcionou um cenário agradável e bonito para a informação e conscientização dos servidores a respeito da (des) reforma que o governo Bolsonaro está tentando fazer no setor público e privado.

 

A Reforma da Previdência no setor público foi tratada em dois pontos durante o evento: custeios e aspectos gerais da Reforma e os efeitos da Reforma da Previdência para os Servidores Públicos Federais.

 

O primeiro tema foi apresentado por Alcides de Souza Pinto, servidor aposentado que já foi diretor da Confederação Nacional dos Servidores Federais, auditor-fiscal da Previdência e dirigente de sindicatos ligados ao setor público.

 

Na palestra, ele abordou questões da reforma e traçou linhas gerais para o servidor entender o quadro que está enfrentando ao falar sobre os gastos financeiros ao longo dos governos relacionando ao suposto “déficit” que é divulgado para a população, além das receitas, despesas e necessidades de coberturas do RPPS.

 

O palestrante também abordou sobre o FUNPRESP e as principais críticas à PEC 06/2019 levantando os pontos que vão atingir diretamente os Servidores Públicos Federais e o desmonte da previdência pública e solidária.

 

Em seguida foi a vez de Idel Profeta, que já foi dirigente da CNTSS/CUT, é servidor e mestrando da Universidade Santa Cecilia, falar sobre os efeitos da Reforma da Previdência para os Servidores Públicos Federais.

 

Ele transcorreu sobre o texto aprovado pelo deputado do PSDB, Samuel Moreira, relator da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) nº 6/2019, da Reforma da Previdência, na Comissão Especial da Câmara dos Deputados, como também do texto substitutivo que, embora conserve pontos importantes, altera substancialmente partes da proposta original encaminhada pelo Poder Executivo.

 

Segundo Idel Profeta, muitos servidores em abono estão preocupados com a Reforma da Previdência, ele salientou que se a reforma passar haverá um espaço de 120 dias para a efetivação da sua publicação, sendo assim esse período será usado pelo SINSSP para garantir que os direitos dos servidores sejam garantidos, seja pela informação ou pelo diálogo para não prejudicar nenhum servidor.

 

Ele também chamou a atenção dos servidores para a defesa da seguridade social, “a gente precisa ter um envolvimento e engajamento nos movimentos sociais, levando os nossos cartazes nos atos em defesa da previdência pública com gestos mais concretos”, disse Idel.

 

Após exposição dos palestrantes, foi aberto espaço para os servidores debaterem sobre o tema.

 

As palestras do Seminário foram transmitidas ao vivo pela página do SINSSP e poderão ser visualizadas na própria página do Facebook (@sinssp.oficial) ou pelo canal do Sindicato no YouTube (SINSSP Oficial).

 

As apresentações podem ser visualizadas clicando nos links abaixo:

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br