Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SINTFESP GO: ESCOLHA DE GESTOR DE POLO DIGITAL CONSIDERARÁ OPINIÃO DE TRABALHADORES

Sintfesp GO: escolha de gestor de Polo Digital considerará opinião de trabalhadores

19/07/2018

Houve consenso quanto ao perfil de gestão para o tipo de trabalho desenvolvido no polo

Escrito por: Sintfesp GO

 

Os trabalhadores e trabalhadoras do INSS lotados no Polo Digital terão sua opinião considerada e respeitada no processo de escolha de quem fará a gestão da unidade que já está em funcionamento no quarto andar da APS Goiânia, na Avenida Goiás. O compromisso foi reafirmado pela Gerente Executiva da autarquia na Capital, Maria Luzeni dos Santos, durante audiência articulada pela diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde e Previdência nos Estados de Goiás e Tocantins – Sintfesp-Go/To e realizada na manhã da quarta-feira, 18 de julho.

 

Será nomeada provisoriamente como gestora do Polo Digital a atual Gestora da APS DJ (Demandas Judiciais), Sheile de Carvalho. E no prazo menor possível os servidores amadurecerão o processo de trabalho e contribuirão na definição sobre quem gerenciará a unidade de forma mais permanente. Houve consenso quanto ao perfil de gestão para o tipo de trabalho desenvolvido no polo: quem for gestor não pode ser autoritário, nem atuar com controle exagerado. Também ficou de ser tratada de forma adequada a forma de mensuração da produtividade do trabalho.

 

Participaram da reunião cerca de dez trabalhadores das APS Goiânia Oeste, Aparecida de Goiânia, Goiânia Leste, Goiânia Universitário, Goiânia Sul e do Polo Digital, as servidoras da Seção de Atendimento Gerência de Goiânia, Cristina Lozi Leite Brito e Lenita Santos de Oliveira Manso e os diretores do Sintfesp-Go/To Wilma Almeida, Gilzeli Sampaio e Mauro Mota.

 

Perícia Médica do Servidor do INSS

 

Outro assunto tratado na audiência com a Gerente Executiva do INSS em Goiânia foi acerca do Serviço de Perícia Médica para o servidor do INSS. Segundo Maria Luzeni, a situação permanece a mesma, ou seja, a gerência da capital não tem como resolver o problema, pois os peritos médicos estão subordinados ao Setor de Saúde do Trabalhador – SST de Goiânia que, por sua vez, está subordinado à Diretoria Geral de Saúde do Trabalhador – DIRSAT. “Mas já mandaram codificação própria para resguardar o servidor enquanto não houver o serviço de perícia disponível”, explicou.

 

O Sintfesp deverá denunciar a situação para o Ministério Público Federal, para que o MPF acione o Ministério do Planejamento no sentido de restabelecer o serviço. O serviço de perícia médica para atendimento aos cerca de 500 servidores do INSS de Goiânia está desativado. O serviço é fundamental, pois é o laudo de um médico perito que resguarda o servidor em caso de necessidade de afastamento por motivo de saúde.

 

 

 

Assessoria de Comunicação

Cláudio Marques - MTE 1534

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br