Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > PANDEMIA FAZ CRESCER NÚMERO DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE COM DEPRESSÃO NA AMÉRICA LATINA

Pandemia faz crescer número de profissionais de saúde com depressão na América Latina

28/01/2022

Relatório “The Covid-19 Health Care Workers Study (Heroes)” foi elaborado por pesquisadores das universidades do Chile e Columbia, em colaboração com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas)

Escrito por: Sindsaúde SP

 

Um estudo que tem a colaboração de diversos países, incluindo o Brasil, mostra que a pandemia de Covid-19 tem afetado seriamente a saúde mental de profissionais de saúde na América Latina. Entre 14,7% e 22% das trabalhadoras e trabalhadores consultados em 2020 tiveram sintomas de depressão, enquanto entre 5% e 15% disseram já ter pensado em suicídio.

 

O relatório “The Covid-19 Health Care Workers Study (Heroes)” foi elaborado por pesquisadores das universidades do Chile e Columbia, em colaboração com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Bolívia, Guatemala, México, Peru, Porto Rico, Venezuela e Uruguai.

 

De acordo com Rubén Alvarado, pesquisador da Universidade do Chile, “a pandemia aumentou o estresse, a ansiedade e a depressão entre os profissionais de saúde e revelou que os países não desenvolveram políticas específicas para proteger sua saúde mental”.

 

Segundo os pesquisadores, a saúde mental dos profissionais de saúde foi afetada pela necessidade de apoio emocional e financeiro, preocupação em infectar familiares, conflitos com parentes de pessoas infectadas e mudanças nas funções laborais.

 

Por outro lado, os entrevistados disseram que a confiança de que governos e instituições poderiam lidar com a pandemia, contar com uma rede de apoio de colegas e a espiritualidade e religiosidade ajudaram a maioria deles a lidar com o problema.

 

No relatório, os pesquisadores defenderam modificar o ambiente de trabalho, melhorar salários e contratos, além de criar espaços para que as equipes possam se desabafar como caminhos para lidar com o problema.

 

 

Para ver o estudo na íntegra, clique aqui.

 

 

Com informações da Agência France Press.

 

 

Fonte:  https://bit.ly/3u8teCt

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br