Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > BRASILEIRO DÁ MAIS VALOR À VACINAÇÃO ENTRE OITO NAÇÕES PESQUISADAS, APONTA ESTUDO

Brasileiro dá mais valor à vacinação entre oito nações pesquisadas, aponta estudo

29/09/2021

Enquanto mais de 80% dos brasileiros dão valor à vacinação, no Canadá a imunização é valorizada por 67% da população; na Itália, por 65%; e no Japão, por 64%

Escrito por: Sindsaúde SP

 

A despeito de toda a propaganda antivacina que paira sobre o Brasil, o brasileiro é o povo que mais dá valor à vacinação, conforme estudo realizado em oito nações. O levantamento mostrou que 83% dos habitantes do país consideram a vacinação em dia muito importante.

 

Não é exagero afirmar que parte dessa cultura foi enraizada pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), do Sistema Único de Saúde (SUS), que ganhou notoriedade no mundo todo ajudando o país a combater mais de 15 patologias, como Influenza, Catapora, Poliomielite, Rubéola e, agora, a Covid-19.

 

O estudo foi realizado pelas empresas GSK e Kantar. Enquanto mais de 80% dos brasileiros dão valor à vacinação, no Canadá a imunização é valorizada por 67% da população; na Itália, por 65%; e no Japão, por 64%.

 

Foram entrevistadas, em julho e agosto, 16 mil pessoas com mais de 50 anos no Brasil, Reino Unido, Espanha, Itália, França, Alemanha, Estados Unidos e Canadá.

 

Mais valor na pandemia

 

Durante a pandemia de Covid-19, a despeito das campanhas massivas de desinformação em relação a imunizantes, como a CoronaVac, os brasileiros passaram a dar ainda mais valor à vacina, movimento parecido em outros países.

 

Antes da pandemia, 59% dos brasileiros consideravam importante manter a vacinação em dia. Na Itália, o porcentual antes da pandemia era de 32%, enquanto no Japão, 30%.

 

Entre os brasileiros ouvidos, 49% defendem mais informações sobre a imunização, com explicações sobre quais vacinas são recomendadas pelas autoridades de saúde, por quais razões e com quais benefícios.

 

No levantamento, as mulheres também se mostraram mais preocupadas com a vacinação em dia do que os homens: foram 81% ante 71%.

 

Com informações do UOL

 

 

 

Fonte: https://bit.ly/39Nbp0D

 

 

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br