Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > ENTIDADES SINDICAIS E CONSELHOS PROFISSIONAIS DE ASSISTENTES SOCIAIS INTENSIFICAM LUTA PELA REVOGAÇÃO DA PORTARIA 14 DO INSS

Entidades sindicais e conselhos profissionais de assistentes sociais intensificam luta pela revogação da Portaria 14 do INSS

02/06/2021

Reedição da portaria nº 11, a portaria nº 14 do INSS põe em risco o trabalho de profissionais assistentes sociais.

Escrito por: Sintfesp Go/To

 

CNTSS/CUT, FENASPS,  SINTFESP, CRESS Goiás e CRESS Tocantins, de forma unitária, vão intensificar a luta pela revogação da portaria do INSS que, na prática, pode significar a extinção do Serviço Social na autarquia. Se mantida como está, a portaria – agora sob o nº 14, que nada mais é que uma reedição da portaria nº 11 – põe em risco o trabalho de profissionais assistentes sociais.

 

Este posicionamento de unidade na luta foi um dos encaminhamentos de reunião ampliada realizada na noite de ontem, dia 12 de maio, que contou com a participação de 25 pessoas, entre assistentes sociais do Serviço Social do INSS de Goiás e Tocantins, dirigentes da FENASPS, SINTFESP, CRESS Goiás e CRESS Tocantins, além de assessores jurídicos da Fenasps e do sindicato. “A portaria gera desrespeito e é maculada de vícios e ilegalidades, uma vez que expõe a categoria e a população ainda mais aos riscos de contágio pelo novo Coronavírus”, destacou a assessora jurídica do SINTFESP, Josilma Saraiva.

 

Nesse sentido, as entidades ficaram de formalizar denúncia aos comitês estaduais de enfrentamento à pandemia, sobre os riscos e condições de trabalho impostos pelo INSS às trabalhadoras e trabalhadores do Serviço Social. “O desmonte do Serviço Social do INSS atinge as Assistentes Sociais mas atinge também a classe trabalhadora. Temos mesmo que fortalecer cada vez mais essa luta”, destacou Nara Costa, Conselheira-presidente do CRESS Goiás, opinião compartilhada também pela vice-presidente do CRESS Tocantins, Maria Magnólia Pereira da Silva Moura.

 

Outra definição do encontro foi a realização urgente de uma reunião que, além destas entidades e instituições, conte com a participação dos/as gerentes do INSS do Tocantins (GEX Palmas) e de Goiás (GEX Goiânia e GEX Anápolis). As lideranças também atuarão de forma conjunta, fortalecendo a luta geral de todos os servidores públicos federais, por exemplo, contra a MP 32, de desmonte do estado, travestida de Reforma Administrativa.

 

Participaram como expositores na reunião: Viviane Peres, assistente social do INSS do Paraná, diretora e membra da Comissão Nacional das/os Assistentes Sociais da FENASPS; Marcelo Trindade, advogado e assessor jurídico da FENASPS; e Josilma Saraiva, advogada, assessora jurídica do SINTFESP-GO/TO, vice-presidente da Associação Goiana da Advocacia Sindical Obreira - ASIND e membra do Coletivo Nacional de Servidores Públicos. A assistente social e membra da Comissão Nacional das/os Assistentes Sociais da Fenasps, Grete Nair Tirloni. Representaram a diretoria do SINTFESP: Gilzeli Sampaio, Heloiza Massanaro, Mauro Mota, Rita Aparecida, Terezinha Aguiar e Wilma Alves de Almeida.

 

 

 

SINTFESP-GO/TO
Assessoria de Comunicação
Cláudio Marques – DRT 1534

 

 

 

Fonte: https://bit.ly/2RiD044

 

 

 

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br