Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SINDICATOS COBRAM RESPEITO AO PROTOCOLO SANITÁRIO E DIZEM NÃO À PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO DO SERVIDOR

Sindicatos cobram respeito ao protocolo sanitário e dizem não à precarização do trabalho do servidor

05/10/2020

Os Sindicatos também desaprovaram a postura autoritária do Governo em relação a uma minuta que alterava metas do trabalhador e a Gratificação de Desempenho de Atividade do Seguro Social (GDASS)

Escrito por: Sindsprev PE

 

O Sindsprev-PE participou, na quinta (24), de reunião com o Presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Leonardo Rolim, para discutir a reabertura das Agências. A discussão foi realizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS) e contou com a presença dos seus sindicatos filiados. O Sindsprev-PE foi representando pelos diretores Márcio Raniere e José Gustavo.

 

Durante reunião, as lideranças reafirmaram ser contrários à reabertura das agências, apresentaram as falhas e fragilidades detectadas pelos servidores e cobraram atenção ao protocolo da Covid-19 nas Agências da Previdência Social (APSs). Após as cobranças, Rolim afirmou que formará a comissão interna de saúde, iniciativa é direito do trabalhador e está expresso na Portaria nº 03/2010, que estabelece orientações básicas sobre a Norma Operacional de Saúde do Servidor (NOSS) aos órgãos e entidades do Sistema de Pessoal Civil da Administração Pública Federal. A luta é para que o INSS implemente ações de vigilância aos ambientes e processos de trabalho e promoção a saúde do servidor e cumpra os protocolos.

 

O coletivo de sindicatos também desaprovou a postura autoritária do Governo em relação a uma minuta que alterava metas do trabalhador e a Gratificação de Desempenho de Atividade do Seguro Social (GDASS). Durante reunião, os trabalhadores exigiram que, antes de qualquer decisão, a discussão deve ser levada à categoria e aos órgãos representativos. Os sindicalistas pediram o arquivamento da minuta e estarão atentos em relação à estratégia governamental. A CNTSS e seus sindicatos disseram não aceitar essa imposição.

 

O teletrabalho e novo modelo de Gestão do INSS foram pontos de impasse. Para sindicalistas, a estratégia do governo é colocar a discussão no GT de Pontuação em uma discussão superficial e restrita apenas a questão da pontuação das atividades, mas o teletrabalho é uma nova modalidade de trabalho e envolve questões amplas de saúde, estrutura, ergonomia, direitos e deveres que não sendo tratadas certamente trará a precarização do trabalho do servidor. Ao final, ficou acertado que, em decorrência da complexidade dos temas, os representantes sindicais e do INSS deverão realizar outra reunião para aprofundar as discussões.

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br