Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > PROFISSIONAIS DA SAÚDE PRECISAM TER PRIORIDADE NA TESTAGEM

Profissionais da saúde precisam ter prioridade na testagem

30/07/2020

O número de profissionais afastados e os óbitos por Covid cresce muito e a testagem seria um meio de frear este processo, afastando os casos confirmados

Escrito por: SERGS

 


Os profissionais da saúde na linha de frente do enfrentamento da pandemia precisam ser incluídos na primeira fase de testagem no RS e na capital gaúcha. Essa é a defesa do SERGS e de outras entidades de profissionais da saúde.


Infelizmente, mais uma vez, os profissionais da saúde não são prioridade. O Testar RS, projeto que promete ampliar a testagem da população para a Covid-19, não inclui na sua primeira fase as equipes que atuam na saúde.


“Entendemos a importância de testar outros públicos vulneráveis, mas os profissionais são cruciais no combate à pandemia”, afirma a presidente do SERGS, Cláudia Franco. Segundo ela, principalmente a enfermagem, pode estar atuando como vetor do vírus, sem saber, contaminando pacientes e seus familiares, além de outras pessoas próximas.


“O governo precisa entender que não adianta ter respiradores se não tiver profissionais capacitados para utilizá-los. O número de profissionais afastados e os óbitos por Covid cresce muito e a testagem seria um meio de frear este processo, afastando os casos confirmados”, alerta Cláudia.


Em Porto Alegre, há tendas nas unidades básicas de saúde, mas a prioridade são os pacientes que tiveram casos confirmados na família e estão assintomáticos, ou seja, na cidade que é o epicentro da doença no RS, os profissionais também não são prioridade.


Conforme relato de um enfermeiro da capital ao SERGS, a testagem tem sido feita nos postos, em profissionais que tiveram contato com casos confirmados. Mesmo assim, ele desabafa que a equipe se sente insegura e desassistida e que enfermeiros e técnicos deveriam ser testados semanalmente, devido à forte exposição.


O SERGS, em conjunto com as demais entidades e a CUT-RS, está mobilizando todos os esforços para garantir a saúde dos trabalhadores. A pressão sobre os parlamentares e a ação jurídica têm sido as principais formas de luta neste momento.


Vale lembrar que há exatamente um mês o Conselho Federal de Enfermagem foi vitorioso na ação civil pública que garante o direito da testagem dos trabalhadores da saúde, mesmo assintomáticos. O desafio tem sido garantir que os testes adquiridos tenham os trabalhadores da linha de frente como uma das prioridades. No Rio Grande do Sul, conforme dados do Cofen (23/07/20), são 1876 profissionais de enfermagem contaminados até o momento, mas este número pode ser muito maior.


“Precisamos muito do apoio da população nesta questão, agora é a hora de todos aqueles aplausos recebidos se reverterem em pressão para garantir a testagem e para que os profissionais sigam salvando vidas”, conclui Cláudia.

 

 

http://sergs.org.br/noticias/profissionais-da-saude-precisam-ser-prioridade-na-testagem/

 

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br