Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > JUSTIÇA DETERMINA NÃO SUSPENSÃO DOS PAGAMENTOS DOS ADICIONAIS DE INSALUBRIDADE, PERICULOSIDADE OU PENOSIDADE NO INSS E MINISTÉRIO DA SAÚDE

Justiça determina não suspensão dos pagamentos dos adicionais de insalubridade, periculosidade ou penosidade no INSS e Ministério da Saúde

10/07/2020

Decisão deve ser cumprida imediatamente sob pena da administração incorrer nas sanções previstas em lei por descumprimento de decisão judicial

Escrito por: SINTFESP GO

 

A diretoria colegiada do Sintfesp encaminhou ofícios para a chefia do Serviço de Gestão Administrativa da Superintendência Estadual do Ministério da Saúde no Goiás e para as gerências executivas do INSS em Goiânia, Anápolis e Tocantins reiterando – com base em determinação da justiça – que as respectivas administrações não suspendam os pagamentos dos adicionais de insalubridade, periculosidade ou penosidade que por algum motivo tenham sido descontinuadas, sem a realização de novo laudo ambiental nas remunerações do servidores lotados no INSS ou no Ministério da Saúde.

 

Nos ofícios o Sintfesp destaca que a liminar de março de 2019, foi confirmada agora por meio de sentença da Justiça Federal e encontra-se em vigor, devendo ser cumprida imediatamente sob pena da administração incorrer nas sanções previstas em lei por descumprimento de decisão judicial.

 

Nos documentos (ver anexo) o sindicato requer ainda que a Chefe do Serviço de Gestão Administrativa, Marli Sorel do NEMS-GO e os gerentes executivos de Goiânia (Wirley Castro), de Anápolis (Katianne Alves Barbosa) e do Tocantins (Silvano Coelho Lira) informem se já foram elaborados os Laudos Ambientais no âmbito de cada órgão e se a determinação judicial foi cumprida.

 

A direção do Sintfesp continuará cobrando e orienta as pessoas, servidoras do INSS e Ministério da Saúde que têm direito a adicionais de insalubridade, periculosidade ou penosidade, que acompanhem o cumprimento da sentença judicial junto à sua chefia.

Os ofícios, assinados pelo diretor de organização e política sindical do Sintfesp, Mauro Mota, e pela diretora jurídica da entidade, Terezinha Aguiar, foram encaminhados por e-mail no dia 30 de junho.

 

 

 

Cláudio Marques – DRT 1534

 

 

 

http://www.sintfesp.org.br/sintfesp/adm/images/icones/ico-pdf.png

Baixar arquivo

 

 

 

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br