Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > REFORMA ADMINISTRATIVA: GUEDES, O PARASITA É VOCÊ

Reforma Administrativa: Guedes, o parasita é você

13/02/2020

No último dia 7 de fevereiro, o Ministro Paulo Guedes comparou servidores públicos a parasitas, criticando de forma esdrúxula as dignas reivindicações de aumento salarial da categoria.

Escrito por: SINTSS MS

 

Conforme dados do Dieese-MS, no Mato Grosso do Sul, servidores públicos estaduais não tem sequer a reposição inflacionária desde 2018 e já acumulam perdas salariais de 24,26% nos governos de Reinaldo Azambuja. Já os salários dos servidores federais estão congelados há 3 anos, mas vamos aos fatos.

 

Guedes, um evidente representante dos bancos no governo, justamente um setor parasita, o sistema financeiro ganha bilhões de reais todos os anos no Brasil e no mundo em cima de juros. Guedes tem sido o autor de projetos que visam destruir serviços públicos para entregá-los à sanha do mercado, tal qual a Reforma da Previdência, ele vem buscando abrir negócios de bilhões para o mercado financeiro, destruindo o sistema de proteção social do Estado brasileiro. Quem é o parasita afinal?

 

A proposta do governo ultraliberal de Bolsonaro é promover o arrocho, neste sentido, não apenas os servidores públicos seriam altamente prejudicados, mas sobretudo a população brasileira mais pobre, que carece das políticas de Educação, Saúde, Segurança, Saneamento, entre outras.

 

Para o Presidente do SintssMS, Ricardo Bueno, “Guedes é um cara que é considerado um representante dos verdadeiros parasitas da economia mundial, que são os banqueiros do mesmo sistema financeiro que ganha bilhões todos os anos com seu capital especulativo”.

 

O dirigente avalia que a estabilidade é um importante instrumento para garantir a lisura do cargo, contribuindo na luta contra a corrupção, pois “ se você ver certinho, a maioria das denúncias que aconteceram a nível de Brasil foram promovidas por servidores concursados, que acabam denunciando a má gestão e desvios do dinheiro público” disse Bueno.   

 

Vem mais ataques por aí

 

O Governo do Estado Mínimo de Bolsonaro/Guedes agora traz a ameaça da reforma administrativa, que mesmo fatiada, pode acarretar na divisão entre funcionários antigos e novos, na redução de salário, no fim da estabilidade, trazendo duras consequências para os trabalhadores do serviço público.

 

O poder executivo já deixou evidente que seu objetivo é aproximar os salários do serviço público com a iniciativa privada, destruindo assim anos de direitos conquistados através de muita luta dos servidores.

 

Não há previsão de cenário tranquilo para a categoria e neste sentido os sindicatos e a Condsef/Fenadsef apontam que é necessário abrir um novo ciclo de resistência e organização para barrar as políticas de estado mínimo. 

 

Os ataques visam criar o desmonte dos serviços públicos através de políticas agressivas, que são versões pioradas do neoliberalismo dos tempos de FHC. A a palavra de ordem deste governo é privatizar o máximo de estatais e serviços públicos, porém há resistência.

 

Para combater a privatização, categorias entraram em greve no mês de fevereiro, sendo a greve dos Petroleiros dirigida pela FUP o exemplo mais concreto e público desta situação de resistência.  

 

18 de março é dia de lutar

 

A direção do SintssMS indica que é mais do que urgente e necessário a união dos trabalhadores para enfrentar os ataques de Bolsonaro e Guedes.

Na agenda de atividades já programadas o dia 18 de março, Dia Nacional de Luta e Paralisação de Atividades em Defesa dos Serviços Públicos, Contra as Privatizações e Pela Soberania Nacional está convocado.

 

 

Sérgio Souza Júnior

 

 

http://www.sintssms.org.br/noticia/reforma-administrativa-guedes-o-parasita-e-voce/

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br