Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SINDSAÚDE MG NÃO ACEITA ATRASO DE SALÁRIOS E 13º PROPOSTO PELO GOVERNO

Sindsaúde MG não aceita atraso de salários e 13º proposto pelo governo

13/12/2018

Atrasos de salário e insegurança sobre 13º causa indignação no funcionalismo e servidores da saúde apontam greve se governo não apresentar novas datas

Escrito por: Sindsaúde MG

 

 

Com o Natal ameaçado sem previsão de pagamento do 13° salário e segunda parcela do salário paga somente no dia 28, os servidores da saúde decidiram iniciar um movimento grevista caso o governo não anuncie a data de pagamento até a próxima quinta-feira (13). A decisão foi tomada em assembleia da categoria nesta sexta-feira (07/12) que terminou em frente ao BDMG, após a reunião de representantes do governo com os sindicatos do funcionalismo.

 

Em reunião com os representantes dos servidores públicos, o governo anunciou a data de pagamento do salário de dezembro. No calendário, os trabalhadores do Estado receberão no dia 13 (quinta) R$2mil e o restante apenas no dia 28/12. Houve piora nas condições de pagamento aos servidores do sistema Estadual de Saúde em relação às conquistas que já havia sendo praticadas desde o início dos trabalhados pela Comissão e até então cumpridas pelo governo.  O 13° salário será discutido ainda na próxima reunião com governo na sexta-feira que vem.

 

A reunião de apresentação da escala ocorreu sob clima tenso entre sindicatos e governo. Enquanto acontecia a reunião, servidores da saúde manifestaram na porta do BDMG para acompanhar o resultado do encontro da Comitê de Folha de Pagamento. Na parte da manhã, os servidores estavam reunidos em assembleia na ALMG. Devido a reunião agendada para a tarde, os trabalhadores decidiram suspender a assembleia e se deslocar para o BDMG para encaminhar uma decisão após o anúncio do governo.

 

Nova Assembleia na quinta (13) com participação de várias categorias do funcionalismo

 

Para pressionar o governo, os trabalhadores da saúde decidiram que na próxima quinta (13) será realizada uma nova assembleia da categoria às 10 horas no pátio da ALMG. Caso o governo não apresente uma data para o 13°, a saúde iniciará uma greve a partir do dia 13. Alguns sindicatos já sinalizaram adesão para um movimento unificado.

 

O não pagamento do 13° compromete o Natal dos servidores e os compromissos que todos os trabalhadores já fazem com o seu dinheiro.

 

Indignados com o descaso, os servidores ecoaram paródias de músicas natalinas que refletem a crueldade da falta de pagamento de um direito em uma data tão simbólica para as famílias:   "Então bom Natal, mas só para vocês! Pra gente continua magrinho outra vez

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060