Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SINDSAÚDE ES NA LUTA POR REPOSIÇÃO DE ÍNDICE INFLACIONÁRIO

Sindsaúde ES na luta por reposição de índice inflacionário

08/03/2018

Em tom eleitoreiro, governador informou que vai reajustar em 36% o tíquete-alimentação dos servidores públicos

Escrito por: Sindsaúde ES

 

Governo teme a pressão da categoria em ano eleitoral e trabalhadores(as) arrancam conquista importante na luta por reajuste salarial e aumento do tíquete alimentação! O anúncio foi feito na quarta-feira (28/02), durante a prestação de contas que o governador fez na Assembleia Legislativa.

 

Em tom eleitoreiro, ele informou que vai reajustar em 36% o tíquete-alimentação dos servidores públicos, que passarão a receber R$ 300,00 e não apenas R$ 220,00. O projeto foi protocolado na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa e começará a valer a partir deste mês caso seja aprovado pela maioria dos deputados.

 

Também falou-se em reajuste salarial para os servidores públicos, que como sabemos, estão há quatro anos sem aumento. O percentual não foi anunciado, mas é bem provável que o Governo venha com algo abaixo da inflação.

 

A Presidenta do SindSaúde, Geiza Pinheiro, avalia como positiva a informação dos reajustes. Mas destaca que é preciso fazer pressão para garantir que todos os direitos sejam garantidos na íntegra! Ela destaca que todo aumento é bem-vindo. Afinal, o Sindicato tem lutado implacavelmente para garantir a melhoria do poder de compra do funcionalismo da saúde, que tem sofrido muito durante a crise. "Só não vamos aceitar que o governador venha com mixaria em véspera de eleição, na tentativa de ludibriar a categoria, nós queremos o reajuste do índice inflacionário e a reposição de todas as perdas dos últimos quatro anos!" completa.

 

O Diretor de Comunicação do SindSaúde, Valdecir Gomes de Oliveira, lembra que o anúncio do governador representa uma vitória dos trabalhadores(as), que sempre estiveram mobilizados exigindo seus direitos. "O governador sabe que a pressão do funcionalismo terá reflexo negativo nas urnas, por isso, resolveu melhorar o valor do tíquete e dar o reajuste salarial após tantos anos de arrocho. Seguiremos lutando para que o aumento não fique abaixo da inflação!" afirma. 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060