Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS PREPARAM GREVE GERAL PARA 19 DE FEVEREIRO

Servidores Públicos Federais preparam greve geral para 19 de fevereiro

09/02/2018

Sintfesp convocou para dia 16 de fevereiro assembleia dos trabalhadores do INSS e Ministério da Saúde para deliberar sobre a participação da categoria nos atos de 19 de fevereiro

Escrito por: Sintfesp GO

 

Dia de luta com manifestações e paralisações é contra a reforma da Previdência, em defesa das aposentadorias e pela revogação da EC 95 que congela investimentos públicos por 20 anos. Servidores públicos também reivindicam reajuste de 25,63% projetado pelo Dieese. Diretoria Colegiada do Sintfesp convocou para dia 16, às 14 horas, no auditório do sindicato, assembleia dos trabalhadores do INSS e Ministério da Saúde para deliberar sobre a participação da categoria no ato do dia 19.

 

Servidores federais de todo o Brasil vão parar no dia 19 de fevereiro na greve geral contra a reforma da Previdência e a retirada de direitos. A categoria soma forças a outros setores que também já aprovaram paralisação de atividades no mesmo dia. A decisão unânime foi tomada nos dias 3 e 4 de fevereiro na reunião ampliada dos fóruns (Fonasefe e Fonacate) que integram o conjunto dos federais.

 

No encontro outros eixos unificados foram aprovados e devem conduzir uma grande campanha nacional pela revogação da Emenda Constitucional (EC) 95/16, que congela investimentos públicos pelos próximos 20 anos. A luta contra o desmonte dos órgãos públicos, pela revogação da reforma Trabalhista e por eleições democráticas em outubro também compõe o eixo de unidade entre os federais. Trezentos dirigentes sindicais do País participaram, entre eles representantes da Fenasps e da CNTSS/CUT. As decisões do encontro têm o apoio do Fórum Goiano Contra a Reforma da Previdência.

 

Foi aprovada ainda a luta pela aplicação de um índice de 25,63% projetado pelo Dieese como percentual que representa nossas perdas salariais dos últimos anos. O cumprimento de acordos firmados e assinados em 2015 com diversas categorias também é parte dos eixos centrais de reivindicações, além da luta por uma data base para os servidores em 1º de maio. A extensão do índice da Lei 13.464/17para todos servidores federais e a aplicação de valor paritário de 50% da União e servidor nos planos de saúde completam os eixos específicos.

 

Ainda sobre os planos de autogestão, a Condsef/Fenadsef (a Fenasps deve fazer o mesmo) aprovou em sua plenária nacional que a assessoria jurídica ingresse com ações judiciais contra os reajustes abusivos de 19,94% (Geap) e 22% (Capsaúde).

 

Para deliberar sobre a participação dos trabalhadores e trabalhadoras do INSS e Ministério da Saúde em Goiás, a diretoria do Sintfesp-Go/To está convocando assembleia geral para o dia 16, às 14 horas, no auditório da entidade.  

 

Lute por seus direitos. A luta faz a lei.

 

  • Contra a reforma da Previdência, em defesa das aposentadorias
  • Pela revogação já, da EC 95 que congela investimentos públicos por 20 anos
  • Reajuste de 25,63% projetado pelo Dieese
  • Pela revogação da Reforma Trabalhista
  • Pelo cumprimento dos acordos da greve de 2015
  • Data-base em 1º de maio
  • Contra o aumento abusivo de 19,94% da Geap
  • Aplicação de valor paritário da União e servidor no plano de saúde Geap

 

 

Participe do Dia Nacional de Lutas em Goiás!

19 de fevereiro (segunda)  -  8h30

Avenida Goiás, em frente ao INSS

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060