Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > GERÊNCIA DE ANÁPOLIS SE MANTÉM FIRME NA PARALISAÇÃO

Gerência de Anápolis se mantém firme na paralisação

17/11/2009

Escrito por: Fonte: SINTSEP/GO

Comando de greve visita município e constata firmeza do movimento na gerência da SRTE/GO em Anápolis. Servidores buscam apoio da Câmara Municipal e planejam ato político ao ar livre para sensibilizar população.

Quinze companheiros(as) do comando de greve da Superitendência Regional de Trabalho e Emprego de Goiás (SRTE/GO) visitaram na manhã desta segunda-feira (16) a Gerência do MTE-GO em Anápolis. Representantes do Sintsep-GO e da Asmitego, além de levar informes e apoio aos companheiros em greve, prestaram esclarecimentos aos servidores quanto à paralisação. "Fomos muito bem recebidos pelos companheiros de Anápolis. Mostramos a eles que o movimento está muito forte, tanto no estado quanto no resto do país", declarou a tesoureira do Sintsep-GO e servidora da SRTE/GO, Fátima Maria de Deus.

Assim como em Goiânia, todos(as) os(as) servidores(as) administrativos da gerência de Anápolis se encontram paralisados. "Apenas o serviço dos auditores, de fiscalização e esclarecimento, está sendo realizado. Até mesmo a confecção de carteiras para o SINE - que ainda estava acontecendo até semana passada - foi suspensa, sendo mantidos apenas os serviços internos de apoio ao servidor", informou José Roberto Cunha, presidente da Associação dos Servidores do MTE em Goiás (Asmitego).

Os servidores explicam que o objetivo da suspensão total dos serviços não é penalizar a população. "Sabemos que o trabalho que nós executamos é fundamental para a sociedade. No entanto, quem não parece saber disso é o governo, que sequer tem considerado nossas tentativas de negociação. Exercemos nosso trabalhamo sem condições e, ainda por cima, somos enquadrados em um plano de carreira que não contempla as especificidades do nosso trabalho", disse Fátima.

AÇÕES - Ainda na visita de hoje, os servidores traçaram algumas ações para dar visibilidade ao movimento em Anápolis. "Além de divulgação nos meios de comunicação da cidade, faremos um ato público, ao ar livre, para explicar aos cidadãos de Anápolis o descaso com o qual estamos sendo tratados pelo governo federal", afirmou José Roberto. Os servidores articulam ainda que a Câmara Municipal do município aprove uma moção de apoio ao movimento, para que seja encaminhada - juntamente com outras declarações de apoio - à sede do MTE em Brasília e ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. "Esta não é uma luta isolada. Vários setores da sociedade percebem que o que estamos pleiteando é justo, e estão a nosso favor", complementou a dirigente do Sintsep-GO.
  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br