Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > ACONTECE > FUNDAÇÃO DO ABC MAUÁ (COSAM): SINDICATO VAI PARTICIPAR DAS NEGOCIAÇÕES

Fundação do ABC Mauá (COSAM): Sindicato vai participar das negociações

03/10/2018

Garantia foi dada em audiência de mediação hoje (12/09), na Procuradoria do Trabalho em São Bernardo

Escrito por: Sindsaúde ABC

 

O SindSaúde ABC vai participar de todo o processo de negociação sobre a situação dos trabalhadores(as) da Fundação do ABC em Mauá (COSAM), ameaçados de demissão em função do rompimento do contrato de gestão da saúde do munícipio feito pela Prefeitura de Mauá no final de agosto. A garantia foi dada em 12 de setembro, durante audiência de mediação ocorrida na Procuradoria do Trabalho em São Bernardo do Campo.

 

Participaram da audiência com a procuradora do Trabalho, dra. Sofia Vilela, representantes da Fundação do ABC, da Prefeitura de Mauá, do Sindicato dos Enfermeiros do Estado; e pelo SindSaúde ABC, os diretores Cícero Costa Filho, secretário de Finanças, e Gislene Azevedo, secretária-geral, além do advogado Dr. Túlio Tayano Afonso.

 

Indefinição - Durante a audiência, o representante da Fundação do ABC afirmou que, em função do retorno de Átila Jacomussi como prefeito de Mauá esta semana, por determinação judicial, não saberia informar se será mantida a decisão de rescisão do contrato de prestação de serviço. Já o representante da Prefeitura esclareceu que ainda não houve uma formalização da ruptura do contrato com a Fundação ABC, e consequentemente, da demissão dos trabalhadores. “Eles ficaram de conversar com o prefeito que está retornando para deliberar sobre isso”, disse Gislene Azevedo.

 

A situação, portanto, está indefinida. Entretanto, a orientação do SindSaúde ABC continua sendo a de que nenhum trabalhador(a) deve assinar nada sem que haja uma decisão conjunta com o Sindicato.

 

“Foi uma audiência de mediação muito importante, pois tanto a Fundação do ABC quanto a Prefeitura de Mauá concordaram que o Sindicato deve participar de todo o processo de transição caso haja rompimento ou prorrogação de contrato; mesmo que isso não ocorra, nós participaremos das negociações visando à solução desse problema, com o objetivo de resguardar todos os direitos dos trabalhadores”, concluiu a diretora.

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060