Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > ACONTECE > SNDSAÚDE ABC EM DEFESA DOS TRABALHADORES DA FUABC EM MAUÁ

Sndsaúde ABC em defesa dos trabalhadores da FUABC em Mauá

29/08/2018

Entidade busca solução para o problema dos mais de 1.000 funcionários ameaçados de demissão e convoca assembleia para sexta-feira, 31 de agosto

Escrito por: Sndsaúde ABC

 

Desde o início da manhã de hoje diretores do SindSaúde ABC estão em Mauá, com o objetivo de defender os direitos dos trabalhadores vinculados à Fundação do ABC no município, que teve o contrato de gestão do Hospital Nardini e AMA rompidos pela Prefeitura na tarde de ontem.

 

Conforme divulgado pela própria Fundação do ABC, os trabalhadores serão demitidos na próxima sexta-feira (31/08), já que a gestão será assumida pela administração direta. Do total de 1.650 funcionários, 1.017 são vinculados ao SindSaúde ABC, distribuídos pelo Hospital Nardini e UPAS.

 

“Estamos tentando dialogar em todas as instâncias possíveis. Já fomos à Promotoria Pública, estamos tentando conversar com a direção da Fundação do ABC e com a Prefeitura, mas até agora não fomos atendidos. Isso é um absurdo, pois somos os representantes legais de mais de mil de mil pessoas que podem ir pra rua assim, de uma hora para outra”, disse o presidente do Sindicato, Almir Rogério, o Mizito.

 

O Sindicato está convocando assembleia para a próxima sexta-feira, em local e horário a ser divulgado e orienta os trabalhadores para não assinar nenhum documento sem a orientação da entidade.

 

Crise – A situação dos trabalhadores(as) da Fundação do ABC é grave em todos os municípios desde 2016, quando a empresa não fechou acordo de reajuste da Campanha Salarial e o Sindicato enviou o processo para dissídio, o mesmo acontecendo em 2017. Os processos dos dois anos encontram-se em tramitação no Tribunal Regional do Trabalho, acumulando perda de cerca de 15%, sem contar multas e juros.

 

No total, são cerca de 8.300(*) trabalhadores nos municípios de:

Mauá: 1.000 – Hospital Nardini e UPAs

Santo André: 2.300 – Fac. de Medicina, Hospital da Mulher e Central de Convênios

São Bernardo: 3.300 – Hospital de Ensino, HMU, PS Central e Hospital de Clínicas

São Caetano: 630 – Hospital Albert Sabin.

 

(*) números aproximados;

 

 

 

Maria Helena Domingues, jornalista do SindSaúde ABC

 

 

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060